Select Page
centro2020 portugal 2020 união ehuropeia

CTESP – Acompanhamento de Crianças e Jovens

ctesp_acompanhamento

CTESP

Acompanhamento de Crianças e Jovens

Departamento de Gestão e Relações Internacionais

Coordenação

Vitor Reis

Saídas Profissionais

Exercício de funções em estabelecimentos ou serviços de apoio social e educativo, públicos ou privados, como creches, jardins-de-infância, escolas do ensino básico e secundário, ATL’s, ludotecas, associações recreativas e culturais, centros de acolhimento e serviço de amas, CPCJ, clubes desportivos, entre outros.

Porquê fazer este curso?

O modelo de proteção de crianças e jovens, em vigor desde janeiro de 2001, apela à participação ativa da comunidade, numa relação de parceria com o Estado, concretizada nas Comissões de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ), capaz de estimular as energias locais potenciadoras de estabelecimento de redes de desenvolvimento social. 

As Comissões de Proteção de Menores, criadas na sequência do Decreto – Lei n.º 189/91 de 17/5 foram reformuladas e criadas novas de acordo com a Lei de Proteção de Crianças e Jovens em Perigo aprovada pela Lei n.º 147/99, de 1 de setembro. Esta lei teve três alterações (Lei n.º 31/2003, de 22 de agosto, Lei n.º 142/2015, de 8 de setembro  e Lei n.º 23/2017, de 23 de maio).

É pois neste compromisso comunitário e de responsabilidade social que o ISCIA pretende também dar o seu contributo para a promoção dos direitos das crianças e de apoio à qualificação e autonomização dos jovens, centradas na aposta numa educação de qualidade para todos, na promoção do sucesso escolar, no reforço da proteção social das crianças e jovens, e das suas famílias, na promoção da igualdade e da não discriminação, privilegiando a ação junto dos grupos mais vulneráveis como as crianças e jovens com necessidades específicas e as minorias étnicas ou religiosas, bem como na promoção da igualdade de género.

O ISCIA propõem-se a dar o seu contributo com a disponibilização no contexto da sua oferta formativa de nível 5, com o CTeSP de Acompanhamento de Crianças e Jovens, dando não só oportunidades a muitos jovens que após o seu percurso educativo dentro da escolaridade obrigatória pretendem complementar essa formação com um grau superior mais vocacionado para uma formação específica e vocacional, mas também formar técnicos especializados nesta área que possam rapidamente integrar os organismos e instituições locais tão necessitadas de técnicos intermédios capazes de complementarmente com outros profissionais darem respostas a uma população tão necessitada de apoio e orientação.

Refira-se ainda, que em termos geográficos, não existe nenhuma oferta formativa nesta área de formação em toda a zona litoral entre o Porto e Santarém, pelo que consideramos ser uma lacuna que pretendemos colmatar.

Modalidade

Presencial

Objetivos

Os objetivos gerais definidos para o CTeSP de Acompanhamento de Crianças e Jovens, visam dar resposta aos desafios societais associados às áreas da educação e social, representando uma área de reconhecido valor e relevância social, fortemente alinhada com as prioridades definidas pelo programa Estratégia Nacional para os Direitos da Criança para o período 2021-2024.

Ao nível do contexto formativo, este curso (CTeSP) reflete o projeto estratégico do ISCIA, de apostar dentro do seu departamento de psicologia e educação (PSIED) em áreas que possam ir ao encontro da formação de jovens que vêm de níveis de formação inferiores (secundário e profissionais) e que se mostram interessados nestas áreas de formação e intervenção, e ao mesmo tempo a formação de ativos não qualificados, mas socialmente relevantes nas suas funções profissionais. 

O ISCIA tem aprovado um CTeSP em Psicogerontologia e uma Licenciatura em Psicopedagogia, demonstrando assim a importância estratégica para a Instituição desta área formativa. 

A cooperação com a comunidade envolvente, tem sido um dos fortes pilares do ISCIA, assumindo um papel determinante no desenvolvimento regional e nacional. Neste sentido, o CTeSP de Acompanhamento de Crianças e Jovens, ao captar também profissionais já inseridos no mercado em instituições da região de Aveiro, ou de outras regiões vizinhas, potencia as relações privilegiadas do Estabelecimento com uma vasta rede de Instituições Particulares de Solidariedade Social, Autarquias, Centros educativos, entre outros, com as quais mantém protocolos ativos. 

O CTeSP de Acompanhamento de Crianças e Jovens poderá potenciar ainda mais esta cooperação, consolidando o saber prático experimental a partir de uma base teórico-científica, diretamente para as populações que poderão cooperar com os profissionais/estudantes no curso, concretamente aquando da realização dos dois estágios previstos ao longo da sua formação.

Plano Curricular
Comunicação em Língua Portuguesa 6
Cidadania e Educação 5
Psicologia do Desenvolvimento da Criança e do Adolescente 5
Perspetivas Sociológicas da Educação 5
Inglês 4
Relações Interpessoais e Dinâmica de Grupos  5
Educação para a Promoção da Saúde 4
Gestão dos Ambientes Educativos 6
Crianças e Jovens com Necessidades Específicas de Formação 4
Animação de Crianças e Jovens 6
Prevenção de Comportamentos de Risco em Crianças e Jovens 6
Tecnologias da Informação e Comunicação na Educação 4
Modelos de Intervenção Profissional 5
Projetos socioeducativos 5
Oficina da Expressão Artísticas (Dramática e Plástica) 4
Oficina da Expressão Físico motora 4
Oficina da Expressão Musical 4
Análise da Prática e dos Contextos Profissionais 4
Sistemas de Proteção Social 4
Estágio 30
Podem candidatar-se ao Ctesp em Acompanhamento de Crianças e Jovens:Requisitos de Acesso

1 – Podem candidatar-se ao acesso aos cursos técnicos superiores profissionais:

a) Os titulares de um curso de ensino secundário ou de habilitação legalmente equivalente;
b) Os que tenham sido aprovados nas provas especialmente adequadas, destinadas a avaliar a capacidade para a frequência do ensino superior dos maiores de 23 anos, realizadas, para o curso em causa, ao abrigo do disposto no Decreto-Lei n.º 64/2006, de 21 de março, alterado pelos Decretos-Leis n.os 113/2014, de 16 de julho, e 63/2016, de 13 de setembro.

2 – Podem igualmente candidatar-se ao acesso aos cursos técnicos superiores profissionais os titulares de um diploma de especialização tecnológica, de um diploma de técnico superior profissional ou de um grau de ensino superior.

Informação Prática

Horário

De segunda a sexta-feira:

regime laboral (entre as 09:30 e as 18:00)
pós-laboral (entre as 18:30 e as 23:00)

A abertura do curso em cada um dos regimes dependerá do número de candidatos a cada um.

Vagas

20

Propinas

€ 900,00 Anual ou € 90,00 Mensal (10 mensalidades)

Emolumentos:

€ 100,00 Candidatura
€ 150,00 Matrícula Anual

Consulte sempre a nossa tabela de emolumentos

ECTS

120

Candidatura

Candidaturas abertas

 

Translate »

Newsletter

Junta-te à nossa lista de emails para receberes as últimas novidades e atualizações da nossa equipa.

SUBSCREVES-TE COM SUCESSO!

Share This